(VÍDEO) - Grupo acusado de linchamento em Guarapari é detido!


Homem foi assassinado após boatos de que teria estuprado uma criança e teve o corpo amarrado em um poste.


Darlison tinha passagem por roubo e confessou a participação em outro crime. 


Materiais encontrados junto com os suspeitos. 


Quatro acusados do crime que aconteceu na última sexta-feira (9), no bairro Adalberto em Guarapari, foram detidos pela Polícia Militar e Civil. Um homem de 19 anos foi preso e quatro adolescentes foram apreendidos por suspeita de participação no linchamento de Eugênio Campos, morto por causa de um suposto estupro. Darlison Moreira Silva, 19, e os quatro menores, foram encontrados com os materiais usados no crime, além de drogas, pinos de cocaína, uma As investigações foram conduzidas pelo delegado Tarik Halabi Souki da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Guarapari, que contou que a vítima não tinha antecedentes criminais e nem denúncias contra ele. Ainda segunda a polícia, a provável motivação do crime seria apenas um boato e os suspeitos teriam envolvimento com o tráfico. A medida teria sido tomada para mostrar poder, mas ainda não há confirmação e o inquérito continua.

O suspeito Darlisson tinha passagem por roubo além de ter confessado à polícia que participou de outro crime brutal em janeiro deste ano. Ele foi autuado por homicídio qualificado, tráfico de drogas e associação para o tráfico, e levado para o presídio de Guarapari. Os menores foram encaminhados para unidades de internação.e celulares.

Veja o vídeo do linchamento: