Detento que matou a mãe a facadas é decapitado no presídio de Santarém

Detento diz que não sabe a razão de ter esfaqueado a mãe
O detento Antônio Sergio Guimarães, vulgo Jurunas, que matou a própria mãe a facadas na última terça-feira (7) no bairro do Livramento foi decapitado por presos em uma das alas do Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, na noite de domingo (12), em Santarém, no oeste do Pará. Um grupo de presos conseguiu arrancar os ferros e abriram os cadeados da cela de medida disciplinar da ala onde ele sofreu várias agressões.

Dona Maria Dilma Santos de Sousa, tinha 56 anos

De acordo com informações de familiares, o crime aconteceu na casa da vítima, quando Antônio chegou ao local visivelmente alcoolizado e sob efeito de drogas. O detento e a mãe, Maria Dilma Santos de Sousa, de 56 anos tiveram um desentendimento após a vítima tentar alertar o filho sobre a presença dele em bares no período da saída temporária. Durante a discussão, ele pegou uma faca e desferiu vários golpes contra a vítima.

De acordo com a polícia, Antônio Sérgio, ou "Jurunas" como é conhecido, já era um "velho conhecido da polícia" pela prática de crimes em Santarém. Há um ano e oito meses, Antônio tentou roubar uma moto e efetuou três tiros contra a vítima, que trabalhava como mototaxista.

Confiram o vídeo:






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...