Pai e dois filhos são mortos por vingança!

Polícia Civil de União dos Palmares, sob o comando do agente Moisés prendeu envolvidos nos crimes
Polícia Civil de União dos Palmares, sob o comando do agente Moisés prendeu envolvidos nos crimes
video
Três pessoas de uma mesma família foram assassinadas, no início da noite do último domingo, no Conjunto Conceição Lyra, localizado no povoado Várzea Grande, em União dos Palmares. As vítimas, Genílson da Silva, de 16 anos; Janiel da Silva, de 18 anos, e o pai da dupla, o agricultor José Alves, de 61 anos, tiveram seus corpos mutilados a golpes de facão durante a ação criminosa.
Quatro pessoas foram presas na tarde de ontem, acusadas do triplo homicídio. Cícero Miguel da Silva, de 38 anos, Cícero da Silva, de 39 anos, Carlos Antônio Monteiro Mendonça, de 28 anos, e Amílton Jamele de Melo de Oliveira, de 18 anos, foram presos nos povoados Santa Fé e Várzea Grande, zona rural do município.
As prisões foram feitas por agentes da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic) e da Delegacia Regional de União dos Palmares. De acordo com o delegado Acácio Júnior, da Deic, uma testemunha ocular contribuiu para a identificação dos suspeitos.
O crime teria sido motivado por vingança, após homicídio registrado em janeiro deste ano, quando parente de um dos acusados foi morto por um dos três assassinados. A vítima teria sido o sobrinho de Carlos Antônio Monteiro. Segundo vizinhos, as vítimas tinham chegado no bairro há duas semanas e invadido uma das casas do conjunto habitacional onde passaram a residir.
Segundo testemunhas, no dia do crime, os irmãos estavam dentro da casa e o idoso encontravam-se no terreiro, quando foram atacados. Janiel e o pai tiveram morte instantânea. Já Genilson ainda chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(Samu) e encaminhado ao Hospital São Vicente de Paulo, mas, devido a gravidade dos ferimentos, foi transferido para o Hospital Geral do Estado(HGE) em Maceió onde veio a óbito.
O crime assustou moradores do residencial. Uma vizinha das vítimas, que acabou de ganhar bebê, teve que deixar sua casa, devido ao medo e nervosismo, já que ela revelou ter assistido ao assassinato.