Avião da Malaysia Airlines com 298 pessoas a bordo cai na Ucrânia

Homem apaga incêndio no local da queda do avião Malaysia Airlines Boeing 777 na região de Donetsk (Foto: Maxim Zmeyev/Reuters)

620 Foto de arquivo de 15 de novembro de  2012 mostra um Boeing 777-200 da  Malaysia Airlines decolando do Aeroporto Internacional de Los Angeles620 px (Foto: JoePriesAviation.net/AP)
Um Boeing 777 da Malaysia Airlines com 298 pessoas a bordo caiu na Ucrânia, perto da fronteira com a Rússia, na quinta-feira (17). A informação inicial era de que seriam 295, mas a companhia atualizou o número.
A agência russa Interfax afirmou que o avião teria sido derrubado quando estava a 10 mil metros de altitude. A informação ainda não foi confirmada pelas autoridades. Acompanhe a cobertura em tempo real.
Segundo comunicado da Malaysia Airlines, o avião levava:
- 154 holandeses;
- 43 malaios (incluindo os 15 tripulantes e 2 crianças);
- 27 australianos;
- 12 indonésios (incluindo uma criança);
- 9 britânicos;
- 4 alemães;
- 4 belgas;
- 3 filipinos;
- 1 canadense.
Ainda não se sabe a nacionalidade de outros 41 passageiros.
Até o momento, o Ministério das Relações Exteriores brasileiro não dispõe de informações acerca de qualquer brasileiro que pudesse estar a bordo do voo. Apenas quando divulgado o manifesto de bordo será possível confirmar que não havia brasileiros a bordo.
A França havia informado que pelo menos quatro franceses estavam no voo. Zoryan Shkyryak, assessor do Ministério do Interior russo, disse à agência Interfax que 23 cidadãos norte-americanos estariam a bordo.