Fístula Anal

 
Fístula anal é um trajeto (um túnel) composto de um orifício externo localizado na pele da região perianal e um orifício interno localizado no canal anal.
As fístulas anais se formam a partir da evoluçào de um abscesso perianal. O abscesso perianal, que tem sua origem no exterior do canal anal, forma uma coleção de pus e esse acúmulo de pus pode exteriorizar-se, por drenagem cirúrgica ou espontaneamente, para a região de pele próxima ao ânus. O trajeto que se forma unindo o canal anal (orifício interno) e região peranal (orifício externo) constitui a fístula anal. Podemos ter outras alterações, menos frequentes, que também causam fístula anal, como: doença de Crohn; tuberculose; retocolite ulcerativa idiopática; neoplasia de reto ou do canal anal; cirurgias no reto, ginecológicas ou obstétricas ; linfogranuloma venéreo; etc.





As fístulas anais, presentes em uma região permanentemente contaminada leva à inflamação constante e consequente produção de pus que se acumula no trajeto da fístula e sai, espontaneamente, pelo orifício externo. O paciente portador de fístula anal apresenta, constantemente, secreção purulenta na região perianal. Ocasionalmente o orifício externo cicatriza, dando a impressão de que o problema terminou, porém como o orifício interno e o trajeto da fístula não cicatrizam a secreção se acumula e essa pressão rompe a cicatriz do orifício externo, abrindo-o novamente, ou um novo orifício externo surge, seguido pela drenagem de uma secreção com sangue e pus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...